A Superintendência Regional do Trabalho de Minas Gerais disponibiliza, desde a última terça-feira, 03/02, uma sala, em Belo Horizonte, para que o trabalhador possa emitir, tirar dúvidas e ter orientações em relação à Carteira de Trabalho Digital,  que substituiu o documento impresso. 

 

“A carteira digital vem substituir a física que o pessoal carrega e é anotada toda sua vida profissional e vai facilitar e muito a vida do trabalhador porque, no documento eletrônico, ele vai ter um cadastro próprio. A carteira digital está diretamente vinculada ao eSocial”, explicou o superintendente Regional do Trabalho em Minas Gerais, João Carlos Gontijo de Amorim.

 

Segundo ele, o trabalhador pode guardar a carteira física e, caso tenha algum desencontro de informação, poderá ser corrigido.

 

Para habilitar o serviço é preciso ter o CPF em mãos. A sala para atendimento aos trabalhadores está localizada no 3º andar da Superintendência Regional do Trabalho de Minas Gerais, à rua Curitiba, 832, centro de Belo Horizonte.